Móveis multifuncionais: 7 principais tendências do design de interiores.

moveis multifuncionais

A grande tendência do mundo corporativo atual é que os ambientes sejam estrategicamente planejados para estimular as pessoas e sua produtividade. O mobiliário deve oferecer conforto e bem-estar necessários, favorecendo o desenvolvimento de todo tipo de atividade. Por isso, os móveis multifuncionais são o foco do design de interiores para 2020.

A tecnologia, cores, espaços focados, sustentabilidade, curvas, customização e o design sensorial podem ser aplicados aos móveis multifuncionais e trazer diversos benefícios.

Confira em nosso post as 7 principais tendências para o design de escritórios, ligadas ao mobiliário inteligente para o ano de 2020.

Móveis multifuncionais

Os móveis multifuncionais, também conhecidos como móveis inteligentes são a grande aposta do design de interiores. Sua flexibilidade e versatilidade faz com que sejam uma das principais escolhas no momento do desenvolvimento do projeto. Fato esse, pois além de se adequarem com facilidade aos ambientes corporativos e home offices, complementam e integram os espaços, e podem servir como objeto decorativo por possuir design bonito e atraente.

Internacionalmente, essa tendência já é bastante difundida, e agora o Brasil tem dado mais atenção a esse tipo de aplicação.

1. Tecnologia e conectividade em todo canto

Os avanços tecnológicos mudaram o dia a dia das pessoas. Através da tecnologia conseguimos desenvolver diversas tarefas, agilizar contatos e até mesmo ampliar nosso conhecimento.

Com esse avanço, também surgiram os ambientes inteligentes, capazes de oferecer conforto e segurança com um simples toque.

Os móveis podem ser desenvolvidos pensando em auxiliar os usuários. Mesas, sofás, cadeiras e longarinas com passagem interna de fios ou mesmo com entrada USB permitem que os dispositivos sejam conectados e carregados com facilidade. Essa inovação permite flexibilizar espaços e o trabalho dentro da empresa.

Puff Honey com e sem encosto na sede do Sesi - ES
Honey com e sem encosto no Espaço Maker do Sesi – ES

2. Cores que estimulam

Aplicar cores ao projeto corporativo é tendência há algum tempo. Elas tornam os ambientes mais aconchegantes e convidativos e podem transmitir os valores da empresa a seus funcionários e clientes.

As cores podem ser aplicadas de diversas formas em:

• ambientes de descompressão – os revestimentos de móveis multifuncionais com cores vivas, promovem a interação entre as pessoas. São aplicadas a puffs, poltronas ou cadeiras, normalmente em áreas mais informais e descontraídas, voltadas ao convívio e descanso;

• pontos específicos – mescladas ou padronizadas com as cores da empresa nos revestimentos das cadeiras, em objetos sobre a mesa ou em nichos e armários, por exemplo;

• materiais que favoreçam a acústica do ambiente – podem ser aplicadas em tapetes, carpetes ou em painéis.

O importante é criar uma sinergia com os outros ambientes da empresa, levando em conta os estímulos desejados, a imagem e cultura da empresa.

Sofá Talk da Sittz  para reuniões rápidas ou atividades mais focadas
Sofá Talk da Sittz para reuniões rápidas ou atividades mais focadas

3. Espaços para atividades focadas

A criação dos chamados open office – escritórios modernos com layout sem paredes e focados na interação entre as pessoas – necessitam que dentro da empresa sejam criados ambientes para atividades que favoreçam a concentração e a privacidade: Uma ligação telefônica, uma reunião rápida, videoconferência ou algo que exija foco. Muitas empresas têm optado por cabines acústicas ou por mobiliário que ofereça conforto acústico e isolamento.

4. Design sensorial

O design sensorial busca despertar os 5 sentidos, fazendo com que as pessoas reajam de forma consciente ou inconsciente ao ambiente. Em 2020, o tato se tornará o sentido mais importante até mesmo que a visão, que normalmente tem a maior atenção.

Para favorecer esse o estímulo tátil, aplicar texturas especiais ao ambiente e ao mobiliário são ótimas opções. O efeito texturizado pode ser utilizado em paredes, tetos, pisos ou em revestimentos do mobiliário. Tapetes, cortinas, mantas e almofadas são objetos que também podem estimular o tato, pois são agradáveis ao toque e promovem sensação de conforto e aconchego.

A poltrona Woma na Residencial Porto Fino possui pés em madeira.
A poltrona Woma possui pés em madeira que traz a conexão com o natural.

5. Sustentabilidade

A ideia de consumo consciente e sustentabilidade estão em alta na indústria do design, que tem buscado soluções para que a produção cause o menor impacto possível ao meio ambiente e otimize o aproveitamento das matérias-primas.

Optar por sistemas alternativos de geração de energia renovável, captação de água das chuvas e tratamento de esgoto são itens cada vez mais considerados e inseridos nos projetos arquitetônicos modernos.

A sustentabilidade se destaca por sua simplicidade e conexão com o natural. Utilizar materiais como madeira, bambu, lã e algodão em mesas, cadeiras e sofás são ótimos exemplos, assim como trazer a natureza para o interior do ambiente em vasos, paredes ou jardins suspensos e melhor aproveitar a luz natural. São detalhes que além de aprimorar os benefícios visuais, ajudam a tornar o ambiente autêntico e aconchegante. 

6. Customização

Os trabalhos manuais voltaram a ser valorizados e em 2020 não será diferente. Projetos de mobiliários multifuncionais customizados, acabamentos feitos a mão, que atendem as necessidades e o gosto dos clientes se tornam exclusivos e originais, e trazem sofisticação para compor o ambiente.

Paredes coloridas, papéis de parede, quadros ou colagens de fotos e cartazes com técnicas artesanais podem criar ambientes únicos, cheios de personalidade e ainda trazer um pouco de arte para a decoração.

Móveis multifuncionais na recepção do Hospital do Amor em Barretos
Móveis multifuncionais Sittz na composição do lobby do IRCAD no Hospital do Amor em Barretos para o evento B.E.S.T

7. Curvas

As linhas retas no mobiliário cedem espaço às formas curvas e aos contornos suaves. Os formatos orgânicos, mais arredondados, são mais convidativos, modernos e sofisticados, e possibilitam adequação a diversos tipos de projeto.

Sofás, poltronas, cadeiras e outros mobiliários devem incorporar essa tendência.

Para 2020, os objetos são os protagonistas da decoração. Independente de seguir todas essas dicas, repensar o mobiliário e fazer adaptações traz muitos benefícios ao ambiente corporativo e às pessoas que o integram.

Com a escolha de móveis multifuncionais é possível transformar facilmente os ambientes e fazer do escritório um lugar mais agradável e acolhedor.

Gostou da dica? Então compartilhe nosso conteúdo nas redes sociais.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *